fbpx

Peeling para deixar sua pele renovada

Linhas de expressão surgem com a perda de colágeno e elasticidade da pele

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Nada como acordar em um belo dia ensolarado e ao se olhar no espelho, se deparar com a pele lisinha e renovada. Pode parecer um sonho, mas o peeling torna tudo isso realidade
Conhecido por ser um procedimento seguro e eficaz, e o mais procurado nas clínicas de estética brasileiras, o peeling é um método que provoca a descamação da pele onde é aplicado, e assim remove células mortas, fazendo esfoliação na derme, o que estimula a produção de células novinhas, e também de colágeno, que é o responsável por trazer firmeza para a pele, resultando em remoção de manchas e diminuição das linhas de expressão.

Tipos de peeling

Existem alguns tipos de tratamento com peeling. Isso porque cada pele é diferente e requer um tipo específico de procedimento. O tratamento com peeling também pode variar de acordo com o objetivo de cada pessoa.

Peeling químico

Procedimento com peeling químico é feito com a utilização de ácidos
Procedimento com peeling químico é feito com a utilização de ácidos

Neste procedimento são utilizados agentes químicos, como ácido hialurônico, ácido glicólico e retinóico, entre outros.
É um peeling mais superficial e indicado para remover cicatrizes de acne e linhas de expressão mais localizadas. Com ele, a esfoliação auxilia na produção de células novas que irão rejuvenescer a pele.

Peeling físico

Peeling físico é feito com aparelhos específicos
Peeling físico é feito com aparelhos específicos

Já neste caso são utilizados aparelhos para renovar a epiderme quase em sua totalidade, como o laser CO2, que age sem irritar e descamar a pele. Aqui se encaixam o peeling de cristal e diamante.


É um peeling de profundidade média, visto que é uma espécie de “lixa” para a pele, e estimula a produção de colágeno. É indicado para tratamentos de rugas finas e médias, além de manchas mais superficiais.


Se você tem dúvida de qual peeling é o ideal para sua pele, é indispensável uma consulta com seu dermatologista, que indicará o tratamento ideal para o seu tipo de pele, evitando que aconteçam agressões desnecessárias que possam prejudicar a saúde da sua derme.

A avaliação para quem busca passar por um peeling de baixa e média profundidade, como os citados acima, também pode ser feita com um esteticista.

Peeling para rejuvenescer a pele

Peeling promove o rejuvenescimento da pele
Peeling promove o rejuvenescimento da pele

O peeling é indicado para quem busca uma pele com a famosa textura “bunda de neném”. O tratamento rejuvenesce a pele, uma vez que atua na eliminação de linhas de expressão e manchas. Além disso, a pele com a renovação celular é produzida com mais colágeno, e deixa a pele mais firme e com aspecto liso e uniforme.


Para quem possui pele oleosa, o peeling também é um tratamento que auxilia na redução da produção da oleosidade da pele, e consequentemente, diminui o surgimento de acnes.
Não há dúvidas que o peeling rejuvenesce a pele, deixando você ainda mais linda e com a autoestima lá em cima!


Em alguns casos, os resultados são notórios em alguns dias, mas é importante tomar alguns cuidados ao fazer esse procedimento.

Vamos falar sobre eles a seguir.

Peeling: cuidados e quem deve evitar

Grávidas só podem fazer procedimento se for permitido pelo médico
Grávidas só podem fazer procedimento se for permitido pelo médico

Como citamos anteriormente, antes de qualquer tratamento estético é necessário uma consulta com seu dermatologista, e com o peeling não seria diferente.
Outro ponto importante é o cuidado com a pele antes e depois do peeling. Apesar de também poder ser feito no verão, esse tratamento é mais indicado no inverno, já que é uma época do ano onde não ficamos tão expostos ao sol.


Também devemos abusar do uso do protetor solar, antes e depois do procedimento. Primeiro para preparar a pele e depois para proteger direitinho ela dos raios solares, já que a pele fica mais sensível, e não usar pode acarretar o surgimento de mais manchas. A reaplicação do protetor deve ser feita a cada duas horas.
Apesar de possuir poucos riscos, o peeling deve ser evitado por pessoas que fazem uso de pílulas anticoncepcionais orais, ou medicamentos que possuem corticoide, já que os mesmos podem trazer problemas inflamatórios para a pele.


De qualquer forma, na sua avaliação com a nossa equipe, iremos te indicar a possibilidade ou não, de fazer este tratamento.
E atenção! As gravidinhas devem ficar longe do peeling sem o consentimento do seu médico, por provocar complicações que poderão colocar a saúde do bebê em risco.
Quem possui problemas de pele, como lúpus e dermatomiosite, também devem evitar tratamento com peeling.

Agora que você já sabe mais sobre o tratamento com peeling, que tal agendar uma avaliação na clínica Dr. Paulo Militão?!
Aproveite que estamos entrando no outono e os raios solares são mais fracos nesta estação. Assim evitamos o surgimento de manchas no pós-peeling, e quando chegar o verão você já estará com a pele linda e renovada, pronta para curtir o sol!
Entre em contato conosco e agende seu horário
Telefone: (45) 3035-6527
WhatsApp: (45) 98408-6553
Messenger: @paulomilitao

O que você achou dessa publicação?

Você também pode gostar

O que você está procurando?

Siga nossas redes sociais