fbpx

Xô, celulite! Saiba como a vacuoterapia auxilia no tratamento

Xô, celulite! Saiba como a vacuoterapia auxilia no tratamento

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

A celulite e seu aspecto “casca de laranja” incomoda muito as mulheres – isso porque os homens se safam mais fácil do problema, vamos explicar isso depois – por isso, as clínicas de estéticas estão sempre lotadas de mulheres buscando um tratamento para dar fim nesse problema.

O que é a celulite?

A celulite é uma inflamação do tecido celular, que se forma com o acúmulo de gordura, água e toxinas nas células. Isso faz com que se formem as ondulações nas pernas, glúteos e até mesmo nos braços.

A celulite depende de vários aspectos para surgirem, e dentro deles está a má alimentação, vida sedentária, problemas hormonais e genética.

Por que as mulheres tem mais tendência à celulite do que os homens?

As mulheres possuem mais tendência a desenvolver celulite por um simples fato: hormônios.

Uma vez que as mulheres produzem o estrogênio, ele faz com que a retenção de líquido seja maior. O estrogênio induz a acumulação de gordura nas coxas e glúteos, locais estes que possuem músculos fortes e, quando contraídos, deixam aparente os furinhos da celulite na pele.

Enquanto isso, os homens produzem a testosterona, que leva o acúmulo de gordura para o abdômen. Já que neste local os músculos são mais fracos, eles não contraem tanto quanto músculos das pernas, então não é possível ver os buraquinhos.

Mas isso não significa que todos os homens da face do planeta terra não possuem a temida celulite, é estimado que 20% dos homens terão celulite após os 30 anos.

Tratamento para celulite: a vacuoterapia

A vacuoterapia é um tratamento indicado para dar um xô na celulite. No procedimento, as ventosas promovem a sucção da pele que estimula a circulação sanguínea e linfática no local, com isso aumenta a oxigenação das células e as toxinas são liberadas, diminuindo a aparência da celulite.

Vacuoterapia auxilia no combate à celulite
Vacuoterapia auxilia no combate à celulite

Outro ponto positivo da vacuoterapia é a produção de colágeno que vai trazer efeito tonificante e reafirmante para a pele, mandando a flacidez embora.

Como é feita a vacuoterapia?

No procedimento é espalhado um óleo no local onde será aplicada a vacuoterapia. Depois disso, as ventosas serão deslizadas com manobras rítmicas e suaves na pele que irão “descolar” a pele do músculo e assim quebrar a fibrose que fica no tecido adiposo, que por sua vez irão reduzir os nódulos e combater a celulite.

A recomendação é que a vacuoterapia seja feita entre 2 a 3 vezes por semana para se obter melhores resultados nas celulites. Cada sessão dura em torno de 20 minutos.

Vacuoterapia: benefícios além da celulite

Os benefícios da vacuoterapia vão além do combate à celulite, confira:

– Aumento da produção de colágeno;

– Remoção de contraturas musculares no pescoço, costas, braços e pernas;

– Melhora do desempenho da elastina;

– Melhora da aparência da pele;

– Redução do acúmulo de líquidos no abdômen e pernas;

– Aumento do tônus muscular;

– Melhora da circulação sanguínea;

– Remoção de toxinas;

– Melhora da atuação do sistema linfático, responsável pela proteção do nosso organismo contra vírus e bactérias;

– Reduz o estresse;

– Promove o relaxamento do corpo e o bem-estar.

Quais as contraindicações da vacuoterapia?

Gestantes não devem fazer tratamento de vacuoterapia para celulites
Gestantes não devem fazer tratamento de vacuoterapia para celulites no primeiro trimestre

Antes de iniciar qualquer procedimento estético, converse com a nossa equipe, e informe se estiver tomando algum medicamento, se tem algum distúrbio de pele, se estiver em gestação, e se tiver qualquer outra situação que possa colocar a sua saúde em risco, como doenças de coração, pulmão, diabetes, hipertensão, hérnias, coágulos, distúrbios renais, marca-passo, reumatismo, doenças vasculares ou infecciosas, ou qualquer outra situação anormal que esteja apresentando.

Gestantes não devem realizar este procedimento no primeiro trimestre da gravidez.

Apesar deste procedimento ser realizado na região abdominal, é importante salientar que é totalmente contraindicado realizar a aplicação na região umbilical e inguinal.

Outros cuidados que ajudam no combate da celulite

Para ir além da vacuoterapia no combate contra a celulite, é importante que a paciente siga hábitos mais saudáveis, iniciando por uma alimentação rica em nutrientes e pobre de açúcares, consumo de no mínimo 2 litros de água diariamente e prática de exercícios físicos.

Outros procedimentos também podem ser aliados da vacuoterapia como manta térmica, massagem modeladora, radiofrequencia e o ultrassom focado.

Fale conosco e agende uma avaliação gratuita para darmos início ao protocolo de xô celulite no seu corpo!

Ligue agora e agende seu horário:

Telefone (45) 3035-6527

WhatsApp: (45) 98408-6553

Messenger: @paulomilitao

O que você achou dessa publicação?

Você também pode gostar

O que você está procurando?

Siga nossas redes sociais