Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Também conhecida como mamoplastia de aumento, a cirurgia de aumento de mama utiliza implantes para dar volume aos seios ou restaurar o volume mamário perdido após perda de peso ou gravidez.

Muitas mulheres estão insatisfeitas com o tamanho das mamas ou reclamam terem perdido volume na região após a gravidez. Com a mamoplastia de aumento, as mamas pequenas (hipomastias) ou que apresentem um tamanho menor do que o desejado pela paciente, dentro de limites estéticos, podem ser aumentadas. A colocação de prótese de silicone nos seios também está indicada nos casos de assimetrias mamárias congênitas em que uma das mamas é muito pequena, uniformizando mamas assimétricas.

Se você está insatisfeito com o tamanho da sua mama, a cirurgia de aumento de mama é uma opção a ser considerara. O aumento de mama pode:

  • Aumentar o tamanho e projeção de seus seios,
  • Melhorar o equilíbrio de seu corpo,
  • Melhorar a sua autoestima e autoconfiança.

A mamoplastia de aumento não corrige seios severamente caídos. Se você deseja um resultado que corrija a flacidez, o procedimento de elevação da mama pode ser realizado ao mesmo tempo que o aumento de mama ou, então, pode ser necessária uma segunda cirurgia. Seu cirurgião plástico irá ajudá-la a tomar esta decisão. A decisão de se submeter à cirurgia de aumento de mama é pessoal e é você quem deve decidir se os benefícios estarão de acordo com seus objetivos e se os riscos e possíveis complicações são aceitáveis.

Seu cirurgião plástico e/ou equipe irão lhe explicar, em detalhes, os riscos associados à cirurgia. Você deverá assinar o termo de consentimento para assegurar que compreendeu plenamente o procedimento ao qual irá se submeter e quaisquer riscos ou complicações potenciais. 

Muitos pacientes têm dúvida sobre aumento de mama e o período de recuperação. Embora muitos fatores estejam envolvidos, o período de recuperação pós-cirúrgica geralmente é de 24 a 48 horas, seguido de um período de repouso de alguns dias., e algumas restrições indicadas pelo médico. Provavelmente, você irá sentir dor e inchaço por algumas semanas, por isso é indicado realizar a Drenagem Linfática durante 10 dias seguidos, pois ela elimina o acúmulo de líquido aliviando o inchaço as dores e os edemas. Exercício físico e atividades normais serão liberados seguindo orientação de seu cirurgião plástico.

Indicação

Aumento das mamas e correção da perda de volume dos seios.

Anestesia utilizada :

Anestesia geral, peridural ou local, dependendo do caso.

Onde se localizam as cicatrizes?

Alguns cirurgiões situam as cicatrizes da mamoplastia de aumento no pólo inferior da mama e no sulco formado entre a mama e o tórax. Outros, na área da aréola e até mesmo na axila. Desde os primeiros dias do pós-operatório, poderá ser usado um “decote bastante generoso”, pois, as cicatrizes ficam bastante disfarçadas. Com o decorrer do tempo, as cicatrizes vão ficando menos visíveis.

Tempo de cirurgia

Em média, de 90 a 120 minutos. Entretanto, o tempo de ato cirúrgico não deve ser confundido com o tempo de permanência do paciente no ambiente de centro cirúrgico, pois esta envolve também o período de preparação anestésica e recuperação pós-operatória. O seu médico poderá lhe informar quanto ao tempo total.

Tempo de internação

De 12 a 24 horas.

Tempo de recuperação

O paciente pode retomar as suas atividades cotidianas em uma semana após a mamoplastia de aumento. Os exercícios físicos relativos aos membros inferiores poderão ser retomados entre 10 a 15 dias, evitando-se o “alto impacto”. As atividades físicas que envolvam o tórax geralmente só serão liberadas após 30 a 45 dias.

Resultado final

Apesar do resultado imediato ser muito bom, somente após cerca de três meses é que as mamas atingirão a sua forma definitiva.

Como ficam as cicatrizes

Felizmente, esta cirurgia nos permite colocar as cicatrizes bastante disfarçadas, o que é muito conveniente nos primeiros meses. Entenda melhor a evolução cicatricial:

A – PERÍODO IMEDIATO:

Vai até o 30º dia e apresenta-se com aspecto pouco visível. Alguns casos apresentam uma discreta reação aos pontos ou ao curativo.

B – PERÍODO MEDIATO:

Vai do 30º dia até o 12º mês. Neste período, há o espessamento natural da cicatriz, bem como se inicia uma mudança de cor, da mesma, passando para mais escuro (do vermelho para o marrom) que vai, aos poucos, clareando. Este período, o menos favorável da evolução cicatricial é o que mais preocupa as pacientes. Como não podemos apressar o processo natural da cicatrização, recomendamos às pacientes que não se preocupem, pois, o período tardio se encarregará de diminuir os vestígios cicatriciais.

C – PERÍODO TARDIO:

Vai do 12º ao 18º mês. Neste período, a cicatriz começa a tornar-se mais clara e menos consistente, atingindo, assim, o seu aspecto definitivo. Qualquer avaliação do resultado definitivo da cirurgia, no tocante à cicatriz, deverá ser feita após este período.

RECOMENDAÇÕES PRÉ-OPERATÓRIA

  • Comunicar-se conosco até a véspera da operação, em caso de gripe, indisposição ou antecipação do período menstrual;
  • Internar-se no hospital ou clínica indicada na guia de internação, obedecendo ao horário estabelecido;
  • Evitar bebidas alcoólicas ou refeições muito fartas na véspera da cirurgia;
  • Evitar todo e qualquer medicamento para emagrecer, que eventualmente esteja utilizando, por um período de 10 dias antes do ato cirúrgico. Isto inclui também certos diuréticos;
  • Programe suas atividades sociais, domésticas, profissionais ou escolares, de modo a não se tornar indispensável a terceiros, por um período de aproximadamente 4 dias.

RECOMENDAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS

  • Evitar esforços nos 8 primeiros dias;
  • Não movimentar os braços em excesso. Obedeça às instruções que lhe serão dadas no momento da alta hospitalar, relativas à movimentação dos membros superiores ou massagens;
  • Evite molhar o curativo, até que seja autorizada a fazê-lo;
  • Não se exponha ao sol até 2ª ordem;
  • Obedecer à prescrição médica;
  • Faça uma alimentação normal (salvo em casos específicos que receberão a devida orientação), a partir do segundo dia, principalmente à base de proteínas (carnes, leite, ovo) e vitaminas (frutas);
  • Voltar ao consultório para curativos subsequentes nos dias e horários estipulados;
  • Provavelmente você estará se sentindo tão bem, a ponto de esquecer-se de que foi operada recentemente. Cuidado! Esta euforia poderá levá-la a um esforço inoportuno, o que determinará certos transtornos;
  • Não se preocupe com as formas intermediárias nas diversas fases. Tire com seu cirurgião plástico, e somente com ele, as suas eventuais dúvidas